Os céus da Cidade Azul receberam o colorido dos balões e agora o brilho do bicampeão, Sacha Haim(foto), que se reafirma como a estrela do balonismo brasileiro. O público foi premiado com muita emoção, beleza e alto nível das provas em mais essa edição do Open Brasil de Balonismo.

Durante cinco dias, entre 25 a 29 de junho, Rio Claro – SP, a Cidade Azul, recebeu o campeonato que contou com a participação de 15 pilotos brasileiros e 7 estrangeiros. No total, mais de 30 balões, entre competidores, fiesta e de formas, deixaram os céus da região mais coloridos do nascer ao pôr-do-sol.

O grande vencedor foi o jovem paulistano Sacha Haim, a mais nova estrela do balonismo brasileiro, bicampeão do Open Brasil de Balonismo.

O encerramento do Open Brasil de Balonismo 2008 foi repleto de emoção, com a última prova realizada domingo pela manhã, quando os pilotos tiveram de acertar o alvo declarado pelo juiz, situado no Lago Azul. Os freqüentadores do parque puderam conferir de perto o arremesso dos competidores e torcer pelo seu piloto favorito. Além disso, apreciaram o reflexo dos balões nas águas, que formou uma bela paisagem e duplicou a emoção.

As tarefas mais marcantes da competição foram: Caça à Raposa, quando os balões em meio as brumas tiveram de perseguir o balão raposa, e a Valsa de Hesitação, quando os pilotos fizeram as aeronaves dançarem nos céus (objetivo: aproximar-se dos alvos virtuais determinados pelo diretor de provas), e várias outras provas de alta complexidade técnica, a marca do campeonato desse ano.

Para público, um dos pontos altos foi o Night Glow, um show noturno de luzes e músicas, em que os balões, todos inflados e ancorados na pista do Aeroclube, realizaram coreografias ao ritmo de músicas e coordenação das chamas dos maçaricos. A diversão também ficou garantida pelo show conduzido pela dupla de artistas Jerry Bello e Giff One, da Rádio Balonismo no Ar.

Comentários

comentários