O primeiro voo de balão do Emanuel

0
6347

O balonismo proporciona emoções indescritíveis e realiza muitos sonhos. O que vou tentar passar pra vocês hoje é a história do Emanuel de Matos Teixeira, 5 anos, filho dos meus amigos Leandro e Déia, um apaixonado pelos balões.

Falando em paixão, esse amor todo pelo balonismo veio através da mãe, que também adora balões desde criança e o leva desde bebê no tradicional Festival Internacional de Balonismo de Torres.

– Fomos notando que ele não gostava só de ver os balões, mas também de desenhar, de fabricar no meio da sala com cadeiras, ventiladores, lençóis e uma lanterna. Foi mais ou menos aos três anos que despertou essa criatividade nele, tudo vira balão: caixa de leite, cesta de páscoa, tudo – conta orgulhosa a mãe do Emanuel.

O tempo foi passando e a Déia descobriu os vídeos no youtube… pra que?! O Emanuel não passa um dia sequer sem assistir seus vídeos de balonismo.

– Em época de festival o fim de semana é só pra ele. Faz a mãe caçar balão de um lado pro outro, não basta só ir no parque – diz Déia.

Há poucos dias atrás, Déia estava conversando no centro de Torres com a Flávia, namorada do piloto Giovani Pompermaier, quando Emanuel começou a chorar porque queria um balão de uma loja, que já não tinha mais.

– Contei pra Flávia sobre a paixão do Emanuel pelo balonismo e ela fez o intermédio com o Giovani para que o meu filho pudesse realizar o sonho de voar de balão. Quando o Emanuel soube que ia voar não parava de falar nisso – conta a mãe com muita alegria.O primeiro voo de balão do Emanuel

O dia do voo, segundo Déia, “foi mágico, foi lindo demais, ele chegou em casa realizado. Não almoçou nem foi pra escola, pois queria ver as filmagens e brincar com a marca que ganhou. E agora ele olha para mim e diz “mãe agora eu já sou quase um piloto, tenho boné, a marca e a luva, só falta o balão. Quando vou crescer mãe? Quero comprar meu balão”.

– Sem palavras, muito bom poder realizar este sonho. Tenho certeza de que teremos um baita piloto vindo por ai. A paixão dele pelo esporte é linda. Quando realizamos um sonho, nos realizamos também. Um grande abraço nesse garotinho lindo – relata o piloto Giovani Pompermaier.

Espero poder contar daqui alguns anos a história do Emanuel tirando seu brevê e se tornando um grande piloto de balão. São histórias assim que mantém a chama do amor por este esporte sempre acesa.

O Blog Balonismo tem o apoio da RVB Balões e Infláveis e da Escola Brasileira de Balonismo. Entre neste time e nos apoie também.

Comentários

comentários