Balé dos balões no céu de Torres. Foto: Harleyson Almeida
Balé dos balões no céu de Torres. Foto: Harleyson Almeida

Está chegando mais um balonismo em Torres. Em 2018 a cidade organizará a 30ª edição do evento entre os dias 27 de abril e 01 de maio. O Blog Balonismo listou nove motivos para você visitar o 30º Festival Internacional de Balonismo. Confira:

1 – MAIOR EVENTO DE BALONISMO DA AMÉRICA DO SUL

Torres é conhecida como a capital brasileira do balonismo, mas na verdade podemos considerá-la como a capital sul-americana da modalidade, já que em nenhuma outra cidade do continente um evento de balonismo é organizado há tanto tempo e de forma consecutiva. Desde a primeira edição do festival a organização técnica é da Air Show, empresa do Rio de Janeiro liderada pelo piloto Bruno Schwartz, que faz um excelente trabalho frente ao evento. Diversos pilotos de diferentes partes do planeta já vieram a Torres pelo incrível trabalho que Schwartz e sua equipe realizam. Além disso, é muito comum ver balões no céu de Torres em todas as épocas do ano, pois a cidade conta hoje com mais de dez pilotos e esse número tende a aumentar, o que credencia o município como  a “cidade do balonismo”.

2 – GRANDES NOMES DO BALONISMO PRESENTES EM TORRES

Christian, Markus e Rubens Kalousdian, família unida no balonismo. Foto: Fernanda Testa

Assim como em qualquer outro esporte, o balonismo também tem muitos destaques. O Festival Internacional de Balonismo de Torres é um dos eventos mais aguardados pela maioria dos balonistas, por ser um evento amigável em um lugar lindo, porém competitivo. Grandes nomes da modalidade são esperados para 2018, como o paulista Sacha Haim, maior vencedor do festival com oito títulos. Warley Macedo (campeão do festival em 2015 e 2016), também de São Paulo, é presença confirmada. Fábio Passos, penta campeão brasileiro e atual campeão do festival também é aguardado para a disputa de mais um evento. Uma das famílias mais tradicionais do balonismo também é esperada em Torres, a Kalousdian, com o maior campeão brasileiro de balonismo da história, Rubens Kalousdian, e seus filhos Markus e Christian. Não podemos esquecer também dos nossos “hermanos” argentinos, e é claro, dos pilotos “da terra”, que são uma boa parte dos balonistas participantes e estão loucos para conquistar o título inédito para Torres.

3 – PROVAS EMOCIONANTES NO PARQUE DO BALONISMO

O bi-campeão de Torres Warley Macedo jogando sua marca na prova fly in em 2016. Foto: Anderson Batista.

Para quem acha que o balonismo é só “voar pra apreciar a paisagem” está muito enganado. Em campeonatos e festivais os pilotos tem uma série de tarefas a cumprir para somar o maior número de pontos possíveis e conquistar o título do evento. Em Torres não poderia ser diferente e uma prova clássica e emocionante que acontece no Parque do Balonismo é o “Fly in”. Nessa tarefa os balões decolam de aproximadamente 1,5 km do parque e tem como objetivo jogar uma marca no alvo em forma de X que no está no fixada no chão na arena dos balões. Vence quem jogar a marca mais próxima ao centro do alvo. Emoção garantida e inesquecível, pode apostar. Mas não para por aí não. Outra tarefa super tradicional é a “caça a raposa”, onde um balão decola na frente dos demais. Após cinco minutos, todos balões levantam voo e o objetivo é pousar mais próximo da raposa, aquele balão que decolou primeiro. Essa prova tem um charme especial, principalmente quando o pouso é na beira da praia.

4 – PROVA DA CHAVE, UMA DAS PROVAS MAIS AGUARDADAS DO BALONISMO

Você deve estar se perguntando porque fiz um tópico para esta prova e não coloquei no item acima. Simples. A prova da chave, ou do mastro, é considerada pelos balonistas como uma das tarefas mais difíceis do balonismo, com poucas chances de haver um vencedor. A prova consiste em um mastro com uma chave pendurada na arena dos balões. Vence a prova o piloto que conseguir pegar a chave presa ao poste. Tá, mas qual é a graça? Essa tarefa tem como prêmio um carro 0 km oferecido pelo patrocinador do evento, a Pinho Veículos. É provável que a prova da chave aconteça na segunda, dia 30 de abril, a tarde, e se não houver um vencedor, uma segunda tentativa deverá ocorrer na terça de manhã, dia 1 de maio. Vai ficar de fora dessa?

5 – NIGHT GLOW, O ESPETÁCULO DOS BALÕES ILUMINADOS… NA PRAIA!

Balões voltarão a praia. Foto: Autor desconhecido.

É isso mesmo, você não leu errado. Para 2018 a organização do Festival Internacional de Balonismo de Torres irá promover, asim como no ano passado, um dos momentos mais esperados do evento, o night glow, nas areias da Praia Grande. Em breve a data desta atração será divulgada.

6 – BALÕES DE FORMATOS ESPECIAIS, A ALEGRIA DAS CRIANÇAS… E DOS ADULTOS

Balões de formato especial fazem a alegria da criançada e dos adultos. Foto: Lasier França.

Os balões de formatos especiais, popularmente chamados de speciais shapes, também são uma atração a parte em Torres. Nos últimos anos vimos muitos balões legais, como a galinha pintadinha, porco fazendeiro, ovelha, sapo, bola de futebol, garrafa, lata, palhaço, mergulhador, siri, cavalo marinho, entre outros. Para 2018 já sabemos que virá um balão que lembra um saxofone, e quem sabe, outras surpresas.

7 – MUITOS, MAS MUITOS BALÕES

É isso mesmo. São muitos, mas muitos balões, que todos os anos participam do Festival Internacional de Balonismo de Torres. Para 2018 são esperados aproximadamente 60 aeronaves para dar um colorido ainda mais especial no céu da mais bela praia gaúcha.

8 – ATRAÇÕES PARALELAS

Estruturas são montadas para maior conforto ao visitante. Foto: PMT

A maior atração do Festival de Balonismo são os balões. Eles são os grandes astros da festa que ocorre anualmente em Torres. Mas como existe um horário apropriado para os voos, pela manhã bem cedinho e a tardinha, o evento conta com diversas atrações paralelas para que você não fique parado. Exposições, feiras, praça de alimentação, apresentações artísticas e culturais e shows musicais são alguns exemplos.

9 – SHOWS MUSICAIS

Também estão confirmados quatro shows para esta edição do festival de balonismo: Fernandinho (sexta-feira), Lucas Lucco (sábado), Raça Negra (domingo) e Nando Reis (segunda-feira).

>>>>SAIBA MAIS: O QUE É O BALONISMO?

Essa é a minha lista de motivos para você vir até Torres conhecer o Festival de Balonismo. O que você acrescentaria? A lista tá completa ou falta algo? Coloque nos comentários, assim podemos expandir esse post ou até mesmo fazer outro sobre este assunto.

A cobertura do 30º Festival Internacional de Balonismo de Torres pelo Blog Balonismo tem o patrocínio da Nossa Casa Imóveis, RVB Balões e Infláveis Promocionais, Planta Consultoria Ambiental, Construtora Monte Bello, Omega Balonismo, Rede Furnas Postos de Combustíveis, Aeromagic Balonismo e Infláveis, Art Malhas, RMS Telecom e Sosseg Alarmes.

Comentários

comentários