Sábado, 15 de dezembro.
Dia amanheceu com vento sul.
Um vento bem forte por sinal.
Que obrigou a gente a cancelar o voo programado.
Seriam mais quatro tarefas.
Mas a segurança sempre deve estar em primeiro lugar.
Como diz o ditado:
“É melhor estar no chão com vontade de voar, do que estar voando com vontade de estar no chão”.
É sempre frustrante cancelar um voo.
Acordar tão cedo, preparar o melhor.
Mas faz parte do esporte.
Mas a tarde foi diferente.
Tempo nublado.
Vento fraco.
Bora voar.
Quatro tarefas.
Fly in e máxima distância no parque do balonismo.
Gordon Bennett e alvo declarado pelo juiz na Igrejinha.
Mas o improvável aconteceu.
Faltou vento.
Logo ele.
Que soprou demais pela manhã.
A tarde fez falta.
Apenas três pilotos conseguiram marcas no parque do balonismo.
Murilo Gonçalves.
Reni Pinho.
E Mauro Chemin.
Na igrejinha ninguém conseguiu entrar.
Murilo Gonçalves assumiu a liderança do circuito.
Ricardo Lima permanece na liderança do gaúcho.
Amanhã promete ser um voo emocionante.
O gaúcho encerra pela manhã.
O circuito a tarde.
Fica ligado nas redes sociais do blog.
Lá sempre colocamos tudo em primeira mão.
Bons ventos!
A cobertura da última etapa do Campeonato Gaúcho de Balonismo, 4º Circuito Torres de Balonismo e 2ª Taça Blog Balonismo tem o apoio de Voe nos Canyons, Omega Balonismo, Monte Bello Construtora, Jaqueline Lima Hair Design, Marcelo Rosa Registro de Veículos, Academia Bella Forma, Infinity Imobiliária Digital, Aeromagic Balonismo, Sosseg, Laís Pinho, Pinho Veículos e Victória Balloons.

Comentários

comentários