Memórias do Balonismo: Em 2002, Ribeirão Preto sediou o XV brasileiro de balonismo

0
236
Balões se preparando para início do campeonato. Crédito: Luiz Paulo Gnecco
Matéria publicada no Webventure em 11/07/2002
Após seis anos sem realizar um campeonato nacional, a cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, voltou a sediar o maior evento de balonismo no Brasil. Desta vez 27 balões coloriram o céu do município no XV Campeonato Brasileiro de balonismo.
Mathijs R. de Bruijn, um piloto Holandês conceituado mundialmente, foi o diretor técnico do evento, que teve um nível técnico elevado, de acordo com os competidores. Bruijn trouxe, pela primeira vez no Brasil, o Log GPS, onde através do receptor instalado no Balão registra todos os voos do competidor e pode conferir todos detalhes diminuindo a possibilidade de erros de pontuação.
Ao contrário de outros anos, os ventos sopraram forte nesta região que é conhecida por ventos fracos e provas muito longas. Por causa disso algumas provas da tarde chegaram a ser canceladas. O evento se encerrou na sexta-feira (5/07) e Fabio Passos (SP) sagrou-se campeão.
Confira a classificação:
1. Fabio Passos (Colégio Trevo)
2. Sacha Haim (Citroen)
3. Rubens Kalousdian (Correios)
4. Bruno Schuartz (Ultragaz)
5. Rui Kalousdian 
6. Marcos Bonincontro
7. Luis Silvestre (Estância Alto da Serra)
8. Ricardo Almeida (Telefonica)
9. Nicholas Paulo (Reebok)
10. Carlos Paulo (Americel)
11. Feodor Nenov (Telesp Celular)
12. Antonio Marques (Gillete)
13. George Ary 
14. Lupercio Lima (Tora Log home)
15. Eduardo Melo
16. Jairo Fogaça (Reebok)
17. Luiz Paulo Gnecco (Suzuki Automoveis)
18. Carlos Andrade (Air Adventures)
19. Valdemir Taveira (Pitu)
20. Mauro Chemim 
21. Salvator Haim
22. Ademir Brolacci (Rib Silck)
23. Kleber Bismarchi (China in Box)
24. Mario Pierre 
25. Wagner Pascoalino
26. Luiz Eduardo (Ultragaz fiesta)
27. Antonio Visão (Casas Bahia fiesta)

Comentários

comentários