Fabio Pascoalino (de boné) e sua equipe.

O 32º Campeonato Brasileiro de Balonismo em Araçoiaba da Serra também teve a disputa da competição na categoria de juniores, ou seja, pilotos até 30 anos de idade que atendam alguns requisitos. Confira a seguir a entrevista com o bi-campeão Fabio Pascoalino Passos (2018 e 2019):

Blog do Balonismo: Como é pra você voar no meio de tantas feras?
Fabinho: Isso pra mim sempre foi um sonho de criança voar ao lado de tantas feras do balonismo.

Blog do Balonismo: Você nasceu “dentro do cesto”, e hoje está competindo com seu pai. Como é esse sentimento?
Fabinho: Pra mim é uma honra voar ao lado do meu pai, ele que me ensinou a maioria das coisas que eu sei hoje. E estar competindo “contra” ele é um sentimento muito estranho pois eu quero ganhar dele mas torço para que ele ganhe todas as competições.

Blog do Balonismo: Você é bicampeão da categoria Júnior, pode explicar um pouco pro pessoal entender como funciona?
Fabinho: Para entrar na categoria juniores você precisa ter menos que 30 anos até o início do campeonato ou se você já participou de um campeonato mundial geral, world air games ou campeonato continental, você terá que ter menos que 27 anos até o início do evento.

João Vitor Justo, Fabio Pascoalino e Felipe Pires.

Blog do Balonismo: Vai pro mundial da categoria?
Fabinho: Pretendo ir sim. Apesar de não sabermos onde será eu já estou me programando pra essa competição. E tomara que eu consiga representar o Brasil conquistando uma boa colocação.

Blog do Balonismo: Qual o grande sonho como piloto de balão?
Fabinho: Primeiramente ser campeão brasileiro e depois ser campeão mundial. Mas esse sonho é um pouco distante, pois no balonismo brasileiro ainda falta muita união para que um dia possamos chegar lá, mas não podemos desistir.

Blog do Balonismo: Deixe um recado pros nossos leitores.
Fabinho: Eu só tenho que agradecer a CBB, equipe técnica e a todos que participaram e fizeram acontecer o 32º campeonato brasileiro de balonismo, parabéns ao blog do balonismo que sempre divulgou o nosso esporte e em especial toda a minha equipe e a todo o time RVB que pode me ajudar a conquistar o bicampeonato.

A classificação final do campeonato ficou a seguinte:

1º – Fabio Pascoalino
2º – João Vitor Justo
3º – Felipe Pires

Comentários

comentários