Edeson Buch pegando a chave em 2011. Foto: Adriano Daka.

Considerada uma das provas mais emocionantes e talvez a mais difícil do balonismo, a prova da chave, nas 31 edições realizadas no Festival Internacional de Balonismo de Torres, teve apenas cinco vencedores. Geralmente quem consegue pegar a chave no mastro tem como prêmio um carro ou uma moto 0km.

Os vencedores da prova da chave no balonismo em Torres

Em 1992 o primeiro piloto a vencer a prova da chave em Torres foi o paulista Leonel Brites. Ele levou pra casa um veículo Apollo.

Em 1998, Ricardo Almeida “Free”, também de São Paulo, ganhou um Gol. Naquele ano o carro quase ficou com o Sacha Haim, que chegou a pegar ela no mastro, mas deixou cair. Como a regra fala que ela tem que ficar no cesto, Haim não levou o prêmio. Segundo Free, “foi uma das maiores emoções da minha vida, pois o Sacha vinha na minha frente e pegou a chave, mas ela escapou da mão dele. Aí deu tempo de recolocarem ela no lugar e eu tive a felicidade de vencer a prova”.

Em 2002, depois de deixar escapar a chave em 1998, chegou a vez do Sacha Haim. Desta vez, o prêmio oferecido foi uma moto.

Edeson Buch, equipe e patrocinadores com o seu prêmio. Foto: Adriano Daka.

Nove anos depois, em 2011, a prova da chave voltou a ter um vencedor. Edeson Buch (in memorian) conseguiu alcançar o mastro, pegar a chave e levar pra casa um Celta 0km. Relembre aqui a matéria do Blog sobre a façanha.

Por fim, em 2017, Fabio Passos, de São Paulo, conseguiu pegar uma chave que estava bem presa no mastro. Por um instante deu pra achar que ele não conseguiria tal feito, de tão amarrada que estava aquele objeto. O prêmio foi um Ônix 0km.

Fabinho pegando a chave em 2017.

E em 2020, teremos um vencedor? Qual a sua aposta?

A prova da chave

Um mastro é colocado no Parque do Balonismo e os competidores podem escolher um ponto de decolagem livremente, a uma distância mínima determinada pela organização. Vence o balão que consegue se aproximar em voo do mastro e agarrar a chave – ou o símbolo da festa – pendurado em sua ponta.

Mais sobre o evento

O 32º Festival Internacional de Balonismo de Torres contará com intensa programação nos cinco dias do evento, contemplados com a Tenda Cultural, Shows Nacionais, Feira Comercial, Feira da Agricultura Familiar, Tenda Esportiva, Praça de Alimentação e mais de 60 balões colorindo o céu da capital brasileira do balonismo. Coloca a data na agenda e vem pra Torres: de 29 de abril a 03 de maio.

Comentários

comentários