Há três anos sem ter o céu colorido pelos balões, os santa-marienses vão voar novamente em dezembro. É que uma iniciativa privada vai trazer de volta para o Coração do Rio Grande o tradicional Festival de Balonismo durante o Chimaday Especial de Natal, nos dias 7 e 8 de dezembro, no Hotel Fazenda Pampas.

A representante comercial Dileta Paolla Cordeiro, 24 anos, organiza anualmente o Chimaday na cidade, uma mateada beneficente que ocorre no fim do ano. A ideia de também incluir os balões na programação surgiu durante uma conversa com seu colega, Mateus Bianquin, 26 anos, e os idealizadores do FestCar, Diego Machado, 28 anos, e Abraão Silva, 27 anos.

– Santa Maria está carente do Festival de Balonismo. Queremos gerar uma atração de Natal para público sem condições de sair da cidade – ressalta Dileta.

Além dos voos panorâmicos, a programação também vai contar com o Night Glow. Na noite de sábado, todas as luzes do local serão desligadas para que somente as dos balões fiquem visíveis.

No local haverá recreação, gastronomia, distribuição de erva-mate e água quente e atrações musicais.

A entrada será mediante doação de um quilo de alimento não perecível, um quilo de ração ou um brinquedo.

O BALONISMO NA CIDADE

1º Festival Internacional de Balonismo em Santa Maria nasceu em 2009. Ele era organizado pela prefeitura e teve o total de sete edições, sendo realizado pela última vez em 2016. Balonistas de diversas partes do país participavam da competição com balões em diversas cores e formatos geralmente no mês de maio, no aniversário da cidade.

A partir de 2017, na gestão do então prefeito Jorge Pozzobom (PSDB), o festival foi extinto por ter um alto custo. O evento deste ano é de iniciativa privada e não tem verba pública.

Fonte: Diário de Santa Maria

Comentários

comentários