Nos ares, é assim que deve começar o I Festival de Balonismo de Sete Lagoas que será realizado entre os dias 21 e 23 de novembro e já tem previstos a realização de três voos livres que vão colorir o céu da cidade mineira.

Glauco Azevedo, presidente da Associação Mineira de Balonismo, e um dos organizadores do evento, explica que em festivais de balonismo, como este que será realizado em Sete Lagoas, “a ideia é dos pilotos demonstrarem suas habilidades e proporcionar um cenário fantástico sobre os céus da cidade, onde nossa ideia será principalmente a região central e lagoas”.
Azevedo destaca que “o balão de ar quente é uma aeronave, com prefixo e pilotos habilitados pela Anac”, assim apenas estes pilotos podem participar. O festival de balonismo é diferente de balões de festas juninas (papel e fogos) que, aliás, são proibidos.
Um dos destaques do Festival será a presença de um balão em formato de bolo de aniversário, em comemoração aos 147 anos de Sete Lagoas que deve enfeitar o céu na área da Lagoa da Boa Vista.
Também inédito na cidade, o “Night Glow” será realizado na noite do sábado, 22, e integra as opções da II Virada Cultural. Esse evento é realizado no período noturno com os balões ancorados e perfilados que vão produzir uma experiência visual surpreendente. “Realizando uma coreografia marcante, iluminando Sete Lagoas com muita energia e magia, além de proporcionar um contato mais próximo com o esporte”, explica Azevedo.
É um espetáculo para se acompanhar sentado na orla da lagoa, com atenção a cada “passo” de uma coreografia com os balões e as chamas que alimentam o ar quente. 
A expectativa é que o Festival, que já é autorizado por lei municipal para ser realizado anualmente, contribua com o turismo e o esporte em Sete Lagoas “potencializando o comércio local (gastronomias, hospedagens, suvenirs, artesanatos, etc.) e também contribuindo com o circuito turístico das grutas, transformando em um destino turístico desejado no estado e no país”, finaliza o presidente.
Todas as atividades são gratuitas.

Comentários

comentários