Casal de ciclistas faz selfie em frente aos equipamentos que coloriram a orla Juliana Bublitz / Agencia RBS

Cinco balões coloriram a orla do Guaíba, em Porto Alegre, no fim da tarde deste domingo (14). Com o objetivo de divulgar o 31° Festival de Balonismo de Torres, que ocorre de 1° a 5 de maio no município do Litoral Norte, os gigantes chamaram atenção no Anfiteatro Pôr do Sol e brilharam nas selfies de adultos e crianças.

— É lúdico. Não tem quem não fique encantado. A gente espera que essa demonstração atraia ainda mais gente para Torres, em maio. É por isso que estamos aqui — ressaltou Ricardo Lima, presidente da Federação Gaúcha e da Associação Torrense de Balonismo.

No que depender do público que acompanhou apresentação na Capital e que marcou presença mesmo durante o Gre-Nal, a participação deverá ser grande.

— A gente vai todo ano e vamos voltar lá em maio, com certeza. É muito legal, ainda mais quando o tempo ajuda e dá para pegar uma praia — disse o consultor de novos negócios Fabiano Pereira, 47 anos.

Pereira foi à Orla com o filho, Davi, sete anos, que aproveitou para subir em um dos balões, junto de outras crianças. Preso ao solo, o equipamento subiu cerca de três metros de altura. Foi o suficiente para fazer a alegria da garotada — e dos pais, que fizeram fotos de diferentes ângulos e se divertiram junto.

— É uma oportunidade única, inclusive para os pequenos saberem como funciona um balão. Valeu a pena ter vindo — destacou a assistente social Arleide Basegio, 43 anos, mãe de Lorenzo, sete anos, que também subiu no cesto.

O casal de ciclistas José e Priscila Cunha, ambos de 38 anos, não resistiu e parou no gramado para fazer uma selfie com os exemplares ao fundo.

— A gente já foi em duas edições do festival, mas aqui está muito legal, porque está dando para chegar bem perto. Lá, como ocorrem competições, é um pouco mais difícil — relatou Priscila.

Do outro lado, de frente para o Guaíba, a técnica em enfermagem Alba da Silva, 31 anos, sorria ao ver o aparato de perto pela primeira vez. Ela estava ao lado da filha, Fernanda, 12 anos, e da amiga Larissa Guimarães dos Santos, 23 anos, que é de Torres e esteve em todas as edições do festival.

— Os balões são lindos, até maiores do que eu imaginava. Só tinha visto na TV. Quem soube do evento foi a Larissa. Ela me mandou por Whats e a gente decidiu vir. Está muito bonito — contou Alba.

Larissa não escondia o orgulho:

— No festival, é ainda mais bonito, principalmente o Night Glow (espetáculo dos balões iluminados). Sou apaixonada!

Com mais de três décadas de existência, o evento já virou tradição no Rio Grande do Sul. Neste ano, estão confirmados cerca de 60 balões competitivos, com a participação de pilotos de diversos países e de vários pontos do Brasil. Haverá inclusive equipamentos em formatos inusitados (entre eles um coração, uma bola e um palhaço). A última edição atraiu em torno de 380 mil pessoas ao Parque do Balonismo.

A cobertura do Blog no 31° Festival Internacional de Balonismo tem o patrocínio da Construtora Monte Bello, Infinity Imobiliária Digital, Omega Balonismo, Air Show, Sosseg, RVB Balões e Infláveis, Balloon Pizzaria, Peretto & Irmão Material de Construção, RMS Telecom, Jung Balonismo, Filipe Minotto Fotografia e ART Malhas.

Fonte: GaúchaZH

Comentários

comentários