Balé dos balões no céu de Torres. Foto: Harleyson Almeida
Balé dos balões no céu de Torres. Foto: Harleyson Almeida

A 31º edição do Festival Internacional de Balonismo de Torres já conta com 56 pilotos confirmados até o momento, conforme lista divulgada pela empresa Air Show, responsável pela organização técnica do Festival. O evento será realizado de 1º a 05 de maio.

Outra boa notícia é a presença confirmada de quatro balões de formato especial. Os balões em forma de palhaço, bola de futebol nas cores verde e amarelo, de coração e da galinha pintadinha são algumas das atrações confirmadas para o 31º Festival Internacional de Balonismo de Torres. A informação foi confirmada empresa Air Show.

De acordo com Bruno Schwartz, presidente da Air Show, o destaque deste ano será a participação de 10 campeões que fazem parte da história do Festival, alguns deles conquistaram o título várias vezes, o que promete uma competição acirrada entre eles para chegar ao prêmio máximo de R$ 14 mil para o Campeão, R$ 7 mil para o segundo colocado, R$ 5 mil para o terceiro e um veículo Chevrolet Ônix na prova da chave. Vários destes pilotos são também Campões Brasileiros e representarem o Brasil nos campeonatos Mundiais.

O evento é hoje o maior evento de balonismo na América do Sul. A Air Show sempre considerou que o Festival era uma competição amistosa, porém, nestes últimos dois anos, já pode ser considerado uma competição extremamente importante para os pilotos brasileiros e estrangeiros. A qualidade dos pilotos, o título de Campeão de Torres assim como os altos prêmios associados à extrema beleza da região são, sem dúvida, o motor do sucesso do evento.

“A equipe técnica será reforçada este ano, contando com uma equipe de 12 oficiais de prova e responsáveis pela segurança durante as competições. Os voos serão realizados num raio de 10 km para que o público possa desfrutar a beleza do espetáculo e as várias provas realizadas durante cada voo. Quatro alvos podem ser definidos durante um único voo, aumentando assim a competitividade entre os pilotos, assegurando muita adrenalina até o último dia da competição”, afirma Schwartz.

A Air Show destaca também que o piloto Murilo Gonçalves, vencedor em 2018 do 30º Festival Internacional de Balonismo de Torres, título que era a meta de vários pilotos deverá, sem dúvida, defender o seu título que ficou para a história do balonismo Sul-Americano.

Confira a lista atualizada:

1. Murilo Gonçalves – SC
2. Sacha Haim – SP
3. Ademir Brolacci – SP
4. Alexandre Giglio – RJ
5. Alex Pires – SP
6. André Ibanhes – SC
7. Antonio Florio – SP
8. Aquilino Gimenes – SP
9. Cassiano Marques – AC
10. Crhistian Millas – Chile
11. Fabio Passos – SP
12. Fabio Pascoalino Passos – SP
13. Fernando Hennig – RS
14. Filipe Tostes – GO
15. Gonzalo Madri – Chile
16. Elton Campos Silva (Guga) – SP
17. Homero Antunes – SP
18. João Gustavo Canale – SP
19. Kaio Chemin – PR
20. Leandro Chemin – PR
21. Luiz Eduardo Consiglio – SP
22. Lucas Chemin – PR
23. Markus Kalousdian – SP
24. Mauro Chemin – PR
25. Renato Mathies (Alemão) – SP
26. Rodrigo Barrotte – SP
27. Rodrigo Silva – RS
28. Ronaldo Morales – SP
29. Rubens Kalousdian – SP
30. Sebastian Torres – Argentina
31. Warley Macedo – SP
32. Welington da Mota Correa – GO
33. João Vitor Justo – RS
34. Diego Bueno – RS
35. Rafael da Luz – SC
36. Paulo Cesar Farias – RS
37. Ricardo Lima – RS
38. Reni Pinho – RS
39. Lais Pinho – RS
40. Murilo Hoffmann – RS
41. Graco Magnus – RS
42. Giovani Pompermaier – RS
43. Sergio Jung – RS
44. Fabio Lopes – RS
45. Macleitiane Ecker – RS
46. Fernando Oliveira – RS
47. Rogerio Daitx – RS
48. Amarildo Tozzi – SP
49. Davi Ianibelli
50. Johnny Alvarez – SP
51. Luciano Gross – RS
52. Roberval Roza – SP
53. Lupercio Lima – GO
54. Rodrigo Marques – SP
55. Fernando Cescato – Argentina

A cobertura do Blog no 31° Festival Internacional de Balonismo tem o patrocínio da Construtora Monte Bello, Infinity Imobiliária Digital, Omega Balonismo, Air Show, Sosseg, RVB Balões e Infláveis, Balloon Pizzaria, Peretto & Irmão Material de Construção, RMS Telecom, Jung Balonismo e ART Malhas.

Comentários

comentários