Uma das raras fotos encontradas na web, mostrando a decolagem coletiva dos balões.

O campeonato mundial de balonismo começou a ser disputado no distante ano de 1973. E para dar o pontapé inicial na competição mais importante do esporte a nível internacional, nada melhor que a cidade americana de Albuquerque, a capital do balonismo no planeta.

Entre os dias 10 e 17 de fevereiro, quatorze países participaram daquele campeonato. Cada nação tinha o direito de levar quatro equipes como representantes. Os pilotos foram tratados como verdadeiras celebridades pela população local, que literalmente abriram as portas de suas casas para acolher a todos, já que naquela época não haviam hospedagens suficientes para tantas pessoas.

A única coisa que não cooperou foi o clima. Na programação do evento, foram pesquisadas as condições atmosféricas ideais, e fevereiro seria um excelente mês para voar. Mas em 1973 nevou, o vento soprou e muitas vezes o sol se escondeu, deixando o céu nublado.

Com todas estas adversidades, o primeiro campeão mundial de balonismo foi o americano Dennis Flodden. Na segunda colocação, ficou o também americano Bill Cutter, seguido pelo sueco Janne Balkedal. O evento foi divulgado em massa pela mídia, e a partir de então, Albuquerque ganhou o status de capital mundial do balonismo. Um título mais que merecido.

Recentemente, o município do Estado do Novo México disputou com a japonesa Saga o direito de sediar o 22º campeonato mundial. O Japão foi o escolhido pelos delegados para sediar o evento.

Primeira logomarca do evento.

Correspondência da época.

Espécie de cartaz.

Selo dos correios.

Comentários

comentários